Mestres

Sensei Taiji Kase nasceu em 1929. O seu pai era um famoso instrutor de judo. Assim, foi com alguma naturalidade que Sensei Kase começou a prática de Judo muito cedo, com 6 anos, chegando até à graduação de 2.º Dan.

Ao completar os seus 14 anos viu pela primeira vez uma demonstração de Karate. Depois disso nada o poderia o impedir de treinar de Karate. Sensei Kase foi aluno de Sensei Gichin Funakoshi, bem como e principalmente com o filho deste, Sensei Yoshitaka Funakoshi, o qual teve uma grande influência no Karate do Sensei Kase.

Mais tarde, veio a treinar com o Sensei Hiroshini, que baseava a sua técnica de combate no Gedan Barai e Gyaku Tsuki e que dizia serem estas técnicas as suficientes para um bom combate.
A Segunda Guerra Mundial alterou a vida de todos os habitantes do o Japão. Sensei Kase também viveu por aquele tempo, e foi um dos pioneiros reanimar a posição do Karate no Japão depois da guerra. Os karatekas da época treinaram extremamente duro. Muitos deixaram o treino, mas os que se mantiveram são uma parte da história de Karate.
Então era tempo para começar a divulgar o Karate pelo resto do mundo, incluindo também a Europa. Sensei Kase deixou Japão em 1964. Naquele momento estava já ele estabelecido e bem respeitado como instrutor da Japan Karate Association, J.K.A., e juntamente com o Sensei Nishiyama e Sensei Nakayama, formava o grupo de instrutores de topo da Japan Karate Association da época.
Depois que um curto período na Holanda e Bélgica estabeleceu-se em Paris, onde vive actualmente. A sua ida para França deveu-se sobretudo a um contratempo na vida particular de outro instrutor, que ficou privado de dirigir um estágio neste país, tendo como contrapartida oferecido os préstimos do Sensei Kase. Esta oferta foi aceite com reservas, pois não era conhecido em França, mas atendendo que já não era conveniente desmarcar o estágio acabaram por aceitar a oferta.

Devido ao seu talento excepcional e experiência a Federação de Karate Francesa pediu-lhe que ensinasse os atletas franceses. Porém, manteve esta posição durante pouco tempo, para continuar o seu próprio caminho no sentido de transmitir o seu Karate de Shotokan, livre de qualquer obrigação político-desportiva.
Mas quem era este ilustre desconhecido que a França acabava de herdar? O Sensei Kase é um homem de baixa estatura, mas que vive, sente e incute no praticante o verdadeiro sentido do Karate. O Sensei Kase é famoso e muito respeitado em todo o mundo. Desfruta de um enorme prestígio internacional, sendo considerado um dos Grandes Mestres da actualidade. A sua dedicação ao Karate (toda a sua vida, uma vez que nunca desempenhou outra actividade para viver, exceptuando-se alguns trabalhos pequenos, temporários, que lhe permitisse sobreviver e possibilitar o seu treino) e o seu espírito desprendido trazem-lhe a admiração de todos quantos com ele treinam e aprendem, tornando-o num instrutor querido de todos.
Nós, europeus, temos uma boa razão para estamos orgulhosos de Sensei Kase. De vários quadrantes foi solicitado o seu regresso ao Japão, mas Sensei Kase nunca vacilou dizendo que o seu lugar é na Europa: foi cá que ele construiu a sua carreira e é na Europa onde estão os seus estudantes.

Todo o cepticismo posto à volta do Sensei se desfez nos primeiros contactos, pois para além de um óptimo executante o Sensei Kase conseguiu imediatamente cativar todos os alunos.

Por estes tempos o Mestre Kase tinha recentemente terminado uma temporada a dar instrução na África do Sul. Devido a este clima estavam criadas condições para que os africanders se voltassem para a defesa pessoal, as artes marciais, o Karaté. No entanto era difícil convencer estas gentes, que são na generalidade um povo de compleição física, que o Karate era eficaz, mesmo praticado por indivíduos de baixa estatura.
Para os fazer acreditar nisso, a Japan Karate Association (JKA) enviou o “pequeno” Kase, que rapida

mente dissipou todas as dúvidas existentes. Este apesar do trabalho desenvolvido abandonou a África do Sul, por não entender o clima de apartheid…
Após o primeiro estágio em França, o Sensei Kase propôs à organização deste país ficar a tomar conta do Dojo de Saint-Raphael. A França acabava de receber de mão beijada um grande mestre e um não menos grande combatente.

Será, talvez, essa a razão que torna possível ao Sensei Kase desenvolver ainda mais o Karate. Ele não está apenas ensinando ou repetindo os mesmos métodos de treino como dos instrutores fez em 1960’s. Em vez disso, de

acordo com as suas próprias palavras, assumiu do ponto onde Yoshitaka Funakoshi terminou. Recordando e respeitando todos os princípios principais deixados ele desenvolveu bastante as técnicas de Karate sem parar.

Actualmente com a graduação de 9º Dan, é presidente da Shotokan Ryu Kase Ha Instructors Academy (nascendo a partir da World Karate Shotokan Academy), organismo que visa a formação de instrutores de todo o mundo, segundo a linha de Karate tradicional
Todos os seus cursos (estágios) são para nós experiências inesquecíveis. Deve ser dito que o Sensei Kase é uma pessoa de grande sinceridade e leal, cuja sua autoridade provem do seu exemplo, da sua humanidade, integridade e grandes habilidades de Karate.
Sensei Kase teve, e manteve, uma carreira distinta e sem ele o mundo de Karate teria sido bem mais pobre.

Sensei Kase mostrou-nos até onde poderemos ir com um disciplinado e regular treino de Karate. Ele sempre disposto a compartilhar os conhecimentos e experiência com todos os que queiram escutar. Para estes um pequeno, mas grande conselho, que todos deveríamos guardar: ” Todos o karatekas deveriam praticar pelo menos durante 20 anos antes de se decidirem, ou não, a continuar. Só então todo aquele duro trabalho começará dar os seus frutos. Então melhorará mais rapidamente e o treino se tornará mais fácil. Quando a pessoa alcança este sentimento não mais deixará este seu caminho.
Não são muitos os Mestres da geração do Sensei Kase que ainda se encontrem vivos. Os que ainda existem continuam a provar serem os Mestres de ontem, mas limitados pelos problemas inerentes à idade. Também o Sensei Kase teve os seus problemas.
Na primavera de 1999 teve um ataque cardíaco, tendo sido tratado numa unidade de cuidados intensivos. Apenas
meio ano depois já estava treinando e ensinando novamente, tecnicamente tão soberbo quanto sempre e mentalmente mais forte que nunca. Como diz o próprio Taiji Kase: “Isto só é possível se se vive como você se ensina.. Se ensina Karate tem que treinar regularmente. Tem que treinar mais duro e mais intensivamente que seus alunos. Se você tem treinado durante muito tempo, o Karate está dentro de si e você pode-o treinar onde quer que esteja”.Será, talvez, essa a razão que torna possível ao Sensei Kase desenvolver ainda mais o Karate. Ele não está apenas ensinando ou repetindo os mesmos métodos de treino como dos instrutores fez em 1960’s. Em vez disso, de acordo com as suas próprias palavras, assumiu do ponto onde Yoshitaka Funakoshi terminou. Recordando e respeitando todos os princípios principais deixados ele desenvolveu bastante as técnicas de Karate sem parar.
Actualmente com a graduação de 9º Dan, é presidente da Shotokan Ryu Kase Ha Instructors Academy (nascendo a partir da World Karate Shotokan Academy), organismo que visa a formação de instrutores de todo o mundo, segundo a linha de Karate tradicional
Todos os seus cursos (estágios) são para nós experiências inesquecíveis. Deve ser dito que o Sensei Kase é uma pessoa de grande sinceridade e leal, cuja sua autoridade provem do seu exemplo, da sua humanidade, integridade e grandes habilidades de Karate.
Sensei Kase teve, e manteve, uma carreira distinta e sem ele o mundo de Karate teria sido bem mais pobre.

Sensei Dirk Heene – 8º Dan

Nascido na Bélgica em 1948, Sensei Dirk Heene começou a prática de karate quando tinha 17 anos de idade, sendo um membro da equipa nacional belga durante o período de 1970 a 1980. Em 1972 obteve o diploma de professor de Educação Física pela Universidade de Gand.   Durante sua carreira teve a oportunidade de treinar com vários instrutores de renome, mas seria com o Mestre Taiji Kase que iria desenvolver a sua forte relação com esta prática desportiva. Depois de muitos anos tornou-se o mais confiável dos alunos do Mestre Taiji Kase e tem sido uma peça fundamental no estabelecimento, em todo o mundo, da filosofia presente na escola Shotokan Ryu Kase Ha.Carregando sobre os ombros todo o vasto conhecimento que o seu mestre lhe transmitiu, assume a responsabilidade de perpetuar e  desenvolver os ensinameA sua reputação como notável pedagogo da vertente Shotokan precede-o, sendo actualmente um dos mais respeitados Mestres do Karate-do no mundo, ocupando o cargo de Coordenador Executivo da Academia Shotokan Ryu Kase Ha que possui instrutores na Bélgica bem como no estrangeirontos do Sensei Taiji Kase.




%d bloggers like this: